Peripércias

30 de julho de 2011 § Deixe um comentário

Tomo a pior decisão mais acertada que poderia. Faço as besteiras mais gratificantes que um homem pode fazer. Procuro, de um jeito estranho, novo e meio errado fazer parte da sua vida, pedacinho de existência que encanta e faz chorar e rir. E, na certeza de que farei tudo errado vou até o fim só para ver um sorriso seu ou receber o seu abraço. Coisas que só poderia fazer por você. Decisões que só tomo com você.

Escrevo as palavras mais precisas para minha imprecisão latente, e ouso chamar sua atenção ou pedir que me espere só um pouquinho, apenas pela intimidade que não precisa ser criada, apenas por não precisar provocar afinidade quando se trata de você. Não existe mais próximo do que dentro, e lá te mantenho mesmo enquanto distante. Dentro da memória, dentro ma mente, dentro de mim – que também é na ponta dos meus dedos.

Volte para seus problemas, sua vida, e suas pessoas quase mal-resolvidas. De voltas em voltas e decisões erradas, estarei por perto para confortar com meu abraço, afagar com minha voz e carícia, e cuidar para que não fique calada. Cuidando para você sorrir comigo. Uma caipirinha, três cervejas e alguns maços de cigarro. Alegria de fazer qualquer coisa errada com você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Peripércias no CONTRADITÓRIO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: