Escrevedores de sonhos

5 de março de 2011 § Deixe um comentário

Caraíbas e, ás vezes, solitários. Com formigamento nos dedos e sem papas na língua que também usam pra falar. Com um copo de café numa mão e um cigarro na outra, ou cerveja, ou chocolate, fazem de momentos de todos os gêneros, verdades eternizadas em prosas poéticas, em textos técnicos ou em poesias concretistas que não cessam de gritar em poucas palavras e sem forma aquilo que a mente, o coração e a pele transbordam.

Não estou falando de mim, pelo menos não só de mim. Aqueles que escrevem em cadernetas azuis ou em uma espécie de narcosíntese também são contempplados com uma justa e humilde homenagem. Outros que, de alguma forma falam de experiências que acontecem consigo, numa justa vazão de realidade bipolar, aqueles que contemplam literatura fantástica, as meninas de casaco, ou mesmo aqueles que simplesmente fazem de futebol um futebom no seu futblog não podem mesmo ficar de fora, são Caraíbas. Obrigado pelas palavras e parabéns por cada uma delas.

Somos todos Caraíbas, de fato. Somos todos antropofagia de carícia escrita sobre o que queremos gostamos ou somos. Antropófagos de tantos outros quase Caraíbas que nos ensinam e nos constroem. Blogueiros, twiteiros, poetas do papel de pão e guardanapo. Pessoas com algo pra falar, mesmo que não haja quem os ouça. Um dia desses, talvez eu não esteja aqui pra ver, serão todos parte do movimento literário mais rico do mundo: Movimento Caraíba. Só falta aprenderem o que significa isso. Temos tempo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Escrevedores de sonhos no CONTRADITÓRIO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: