Acaso

5 de março de 2011 § 1 comentário

Patronando curiosidades, faço amigos pela internet. Descobrindo sorrisos novos, o ônibus também se torna experiência de ouvir mpb cantando alto e ver você cantando junto a mesma coisa. Voltando pra casa, depois de um dia cheio de coisas que você não vai entender. Mesmo assim, eu continuo contando, só pra você ficar mais perto. Vamos, venha logo! Eu até posso esperar – e vou – mas minimize minha angústia com esses olhos que brilham sem necessidade de porque.

Mensagens, que te mando para contar coisas, falar nada, ou pra passar tempo, são gritos. Ouça! Numa dessas horas em que me perco em devaneios, vai aparecer o seu sorriso, seu semblante, e eu vou me desmanchar e perder toda aquela pose de quem tem tudo sob controle. Me destrói assim, só pra eu tentar me refazer de seus carinhos. E me salve em seguida, me conte do seu dia, seu novo emprego, fale das saudades que tem dos seus amigos, ou qualquer coisa de infância.

Me recrimine por fumar, mas só um pouquinho – eu não vou parar mesmo. Em contrapartida, haverá sempre bombons na minha mochila pra você dizer que adora, me dar um abraço apertado e entrar pelo portão sem sequer olhar pra trás. Depois disso, ao chegar na minha casa, terei saudades de cada movimento de meus dedos em seus cabelos e de cada som da sua voz. Acho que vou te ver de novo, nem que seja por acaso.

Anúncios

§ Uma Resposta para Acaso

  • Anne disse:

    Muito bom fazer amigos,e compartilhar momentos,momentos único que ficam gravados com carinho,de pessoas especiais que marcam nossa existência. bjus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Acaso no CONTRADITÓRIO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: