Doce e novidade

15 de dezembro de 2010 § Deixe um comentário

Falei, e vi resposta: escrevi, feliz! Se é amor, desejo, curiosidade ou cuidado, não sei, apenas sei que tem coisas que devem ser ditas pessoalmente, porque o crivo da paixão é o abraço, e, por extensão a pele. Na gratuidade de uma carícia e na voluptuosidade de um beijo, em tudo o mais que me reserva sua doce imagem que insisto em guaradar em minha memória, desde aqueles anos quase juvenis.

Existem coisas por passar que não podem ser ignoradas, mas senti um impulso de alegria ao falar novamente com você, que não me privo de errar, falando mais do que posso, talvez atropelando o que deve ser preservado devagar e com cuidado. Esse cuidado, reservo a você. Que em vermelho de sua personalidade e cabelos, poderá restar em meu ombro ou meu peito após toda a sorte de carícias que puder ser cumprida. Perícia de sentir o breve várias vezes.

De você, ainda sei pouco, do que quer, ou se permite. Como saber? Abandonando seu suspiro ao meu. Renovando sua carícia na minha, gratuita. Repousando meus cuidados no seu: uma pele que nos chama e nos impele a uma fluência única, verdadeira, de dois. De fato, o melhor dessa doce novidade nos espera. Novidade de surpresas. Surpresa de sorriso belo. Beleza de cuidado gratuito: Tenha bons sonhos, porque os meus, hoje, serão com você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Doce e novidade no CONTRADITÓRIO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: