Pra não falar de você

14 de novembro de 2010 § Deixe um comentário

Domingo de comer frango. Pirulito, geladinho, futebol às quatro e alguém pra dividir minutos no msn. Hibernando em meu sofá de azul que o céu esconde, perdi ou ganhei esse tempo precioso do sétimo dia que até o criador guardou para descansar. Confesso que já estou cansado de restar aqui – só por um tempo.

Música boa, papo bom. Única maneira de não perder o domingo é partilhá-lo com alguém. Sorte. Balanço de ouvir funk americano e hip hop, depois de curtir Tim Maia e Jorge Ben. Na degustação de um bolo de chocolate com cobertura melada e doce, passei café. Bolo de fubá para terminar meu repasto, mais café. Salgadinhos, guaraná, balas e um cigarrinho – que vou largar em breve.

Momento de vespertinidade que me levou a uma noite agradável de poucas palavras e poucas lembranças. Véspera de feriado. O que há de mais animador é saber que, depois de engordar uns dois ou três quilos, haverá quem possa se interessar por mudas palavras de apreço à vida e ao sorriso sutil e breve. A paixão leva ao vício, que crime há nisso?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Pra não falar de você no CONTRADITÓRIO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: