Dormi sozinho

26 de setembro de 2009 § 1 comentário

 

Mesmo que eu quisesse, não tinha ninguém ali, não hoje. Ainda que o frio viesse, e veio, ninguém viria naquele horário, naquele canto, só para me cobrir. Tarde de que muito fugia e precisava, de descanso e de remanso. Casa que nem reconheço assim vazia, sem luz e, no meio da tarde, bem no meio da tarde, sem dia. Sono.

Noite antecipada, que me fez menino recuperando as forças esgotadas pelo dia-a-dia de acadêmico-proletário-adulto. Sonho que, de véspera, de momentos de véspera, me faz ansioso de sua presença, só de horas. Pensando fiquei no Pequeno Príncipe. Me veio à mente, na verdade, a figura da raposa. E, como raposas vermelhas são curiosas! Fugidias, à espreita, sábias, apaixonadas, necessitadas.

Sabendo do momento de choro que procede, raposas vermelhas não hesitam em se aproximar, se aproximar, olhar, tocar, passo a passo conquistar e ser conquistadas. Raposas vermelhas, sequer tem algum pudor de amar, e fortemente se entregar ainda que só por um momento. Vermelhas velozes e rubramente surpreendentes e inusitadas, na intensidade de seu olhar ou de suas palavras, me fazendo ainda mais menino, ainda mais pequenino, quase um príncipe. E que sorte!

Encontrar uma dessas não é fácil, mas, quando acontece, basta perceber os sinais. O coração bate mais forte, as pupilas se dilatam como um entorpecente que penetra os poros e atinge cada parte da alma. A vontade de abraçar, beijar, pegar, chorar, rir, faz de quem conhece uma dessas um bobo frenético desesperado. Um pobre infante. Juvenil-apaixonado do prazer que o colorado do seu carinho e da sua presença trás. Coisas que só uma tarde de sono faz relembrar.

Anúncios

§ Uma Resposta para Dormi sozinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Dormi sozinho no CONTRADITÓRIO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: